Anjos do Emprego

No Centro de Autossuficiência SUD (LDS Jobs), vamos ajudá-lo a obter um trabalho remunerado por meio de aprendizado e das redes de contato com empresas locais.

O Élder Roth conheceu Karl no Centro de Recursos de Emprego de Centerville Utah pouco depois deste perder seu emprego como supervisor de construção numa empreitada. Karl trabalhara com construção ao longo de toda a sua carreira e tinha uma experiência profissional impressionante. Como era pai, Karl tinha sérias preocupações com a situação financeira da família.

O Élder Roth, natural de Utah e missionário do centro de recursos de emprego, foi designado para ajudar Karl a procurar trabalho. Enquanto o Karl estava ocupado fazendo contatos, procurando anúncios de emprego e mandando currículos, o Élder Roth também estava ocupado fazendo contatos e procurando anúncios de emprego para Karl.

Em sua busca, o Élder Roth achou várias vagas que pareciam corresponder aos interesses e habilidades de Karl. Uma delas — supervisor comercial de construção — era numa empresa com a qual o centro de recursos de emprego já vinha trabalhando e fazendo contato. Ao verificar as qualificações exigidas, o Élder Roth sentiu que Karl seria um candidato perfeito.

Quando leu a descrição do cargo, disse a si mesmo: “Nossa, isso lhe cai como uma luva. Ele só precisa ir lá e pronto”.

Depois que o Élder Roth falou do emprego a Karl, eles montaram uma estratégia para Karl, que incluía endereçar seu currículo especificamente para a companhia. Karl reformulou o currículo e o apresentou ao Élder Roth na manhã seguinte.

Eles encaminharam o documento e ficaram na expectativa de que a empresa entrasse em contato com Karl em breve para marcar uma entrevista.

“Depois disso, não tivemos mais notícias”, conta Karl. “Quase achei que não dera certo e que aquela oportunidade fora por água abaixo”.

Karl e o Élder Roth viram que a empresa tinha parado de anunciar a vaga. Como o centro de recursos de emprego mantinha contatos regulares com a firma, o Élder Roth telefonou para lá para ter notícias da candidatura de Karl e saber se a vaga fora preenchida.

Para a surpresa tanto do Élder Roth quanto de Karl, a vaga ainda estava em aberto e a empresa estava muito interessada em Karl, apenas não o contatara ainda.

Pouco tempo depois, Karl foi chamado para uma entrevista. Karl sentiu que se saiu bem. Esperou a empresa contatá-lo para a segunda entrevista, mas não recebeu nenhum telefonema. O Élder Roth decidiu ligar novamente para lá e descobriu que Karl continuava cotado para a vaga. Pouco tempo depois, a empresa entrou em contato com Karl e lhe fez uma proposta de emprego.

Depois de conseguir a vaga, a empresa lhe disse o quanto eles tinham ficado impressionados com o incentivo atencioso do Élder Roth para manter Karl na disputa.

“Senti profunda gratidão por ele”, afirma Karl. “E há outras pessoas lá que sentem o mesmo. Isso nos ajuda a nos sentirmos valorizados, pois posso garantir que, quando procuramos emprego e não conseguimos, sentimo-nos muito mal, muito desanimados. Essas pessoas foram verdadeiros anjos”.

Comentários

Foi útil?