Escolher a Carreira Certa

No Centro de Autossuficiência SUD (LDS Jobs), vamos ajudá-lo a obter um trabalho remunerado por meio de aprendizado e das redes de contato com empresas locais.

Há muitas coisas a considerar quando se decide qual carreira seguir. Que tipo de carreira eu gostaria de seguir? Quanto tempo de estudo ou treinamento ela me tomaria? Essa carreira ainda existirá em cinco anos?

Abaixo estão algumas formas de ajudá-lo a escolher a carreira certa:

 
Que Tipo de Carreira eu Gostaria de Seguir?

A primeira coisa a fazer ao escolher qual carreira seguir é orar sinceramente por orientação. Como o Presidente Thomas S. Monson aconselhou: “Precisamos orar e, depois, precisamos agir” (“Eles Oram e Vão em Frente”, A Liahona, julho de 2002, p. 54). Agir com fé e sob orientação é sempre a melhor maneira de tomar a decisão correta.

Ao escolher uma profissão, reflita sobre o que gosta de fazer e sobre suas habilidades. Seus interesses vão ajudá-lo a determinar o que o deixaria feliz com relação ao trabalho e no que você é hábil. O passo seguinte seria determinar quais carreiras requerem os talentos que você tem.

Perguntas a fazer:

  • Onde quero estar em cinco ou dez anos?
  • Que responsabilidades eu quero ter?
  • Que tipo de segurança no trabalho eu quero ter?
  • Que tipo de oportunidades de progresso eu quero ter?
  • Que tipo de ambiente de trabalho eu quero ter?
  • Há algum trabalho que não desejo fazer?
  • O quanto estou disposto a trabalhar e a estudar com afinco?
  • Quero trabalhar para alguém ou ter meu próprio negócio? 
Que educação ou treinamento isso vai requerer?

Tudo bem, se disser: “Eu não sei” e depois, “mas eu quero aprender”. Ao adquirir treinamento em uma carreira, é importante ter o desejo de aprender. É importante, também, continuar a aprender após formar-se. Quando era membro do Quórum dos Doze, o Élder Henry B. Eyring disse: “O Senhor sabe tanto o que Ele precisa que você faça como o que você precisa aprender. (…) De modo que você pode confiar em que Ele lhe dará oportunidades para que você aprenda a preparar-se para o serviço que Ele lhe dará” (“Education for Real Life”, Ensign, outubro de 2002, p. 18).

Perguntas a fazer:

  • Quanto tempo levará a fim de preparar-me para esta carreira?
  • Onde posso aprendê-la?
  • O curso será muito difícil?
  • De quanta experiência vou precisar neste campo?
  • Qual será o custo para formar-me?
  • Quanto tempo levará para pagar os empréstimos?
  • O que tenho de saber sobre essa carreira? (por exemplo: biologia, noções de desenho)
  • Que tipo de personalidade a carreira requer? (por exemplo: paciência, extroversão)

  

Essa Carreira É Estável?

Procure saber quais indústrias estão relacionadas a essa profissão. As empresas podem crescer, mesmo com a mudança constante da tecnologia ou são dependentes de equipamentos e procedimentos que podem ficar obsoletos? Verifique, on-line, relatórios do governo sobre mão-de-obra para descobrir se o mercado para determinada carreira vai prosperar ou decair.

Perguntas a fazer:

  • Essa carreira está em ascensão, é estável ou está em declínio?
  • Essa profissão fornece algo que é sempre necessário?
  • Uma máquina pode fazer esse serviço?
  • A indústria é recente ou antiga?
  • Existe concorrência?
  • As competências essenciais para esta indústria servirão para outra?
  • Que tecnologia essa carreira utiliza? Ficará ultrapassada logo? 
Quanto Tempo Terei para Ficar com Minha Família?

Estabeleça primeiro as suas prioridades. Decisões difíceis são mais fáceis de serem tomadas, quando se tem uma perspectiva clara do que se deseja comprometer. Enquanto era membro do Quórum dos Doze, o Élder Boyd K. Packer explicou: “Cada princípio do evangelho, quando vivido, exerce uma influência positiva sobre a escolha de sua profissão e sobre o sucesso que você alcançará.(…) Viver o Evangelho lhe dará uma perspectiva e uma inspiração que farão com que seja bem-sucedido, não importa o quanto seu trabalho seja simples ou quão simples sua vida possa parecer a outros”. (“O Evangelho — Fundamento de Nossa Carreira”, A Liahona, julho de 1982, p. 138).

Perguntas a fazer:

  • Quanto tempo despenderei no trabalho a cada dia?
  • Onde devo morar para poder seguir essa carreira?
  • Quanto tempo poderei passar com meu cônjuge e filhos?
  • Se escolher essa profissão, como isso afetará minha família?
  • Quanto tempo levará para chegar ao local de trabalho e quanto gastarei?
  • Poderei sair do trabalho, se acontecer uma emergência?
  • Os empregadores desse campo fornecem creche?
  • Terei de morar longe de meus parentes por muitos anos? 
Qual Será o Salário Nessa Carreira?

Muitos acreditam que o fator mais importante em uma carreira é o salário, e ele é muito importante, mas não é só isso que conta. Algumas pessoas escolhem sua carreira por causa do alto salário somente para descobrir que não apreciam fazer o que a profissão requer. Para evitar isso, marque entrevistas para obter informações ou, se puder, faça um estágio, o que lhe dará a oportunidade de trabalhar com pessoas que exercem essa profissão. O Presidente Thomas S. Monson aconselhou: “Você deve estudar e preparar-se para a vida produtiva em um campo que aprecie, porque você vai passar boa parte de sua vida trabalhando nessa área. Deve ser uma profissão que desafie sua inteligência e que fará com que você utilize ao máximo seus talentos e sua capacidade. Finalmente, deve ser um campo que lhe dará remuneração adequada [salário] para que sustente adequadamente seu cônjuge e filhos” (“Life’s Greatest Decisions”, Serão do SEI para jovens adultos, 7 de setembro de 2003).

Perguntas a fazer:

  • Quais são os benefícios?
  • Essa carreira permitirá que eu cumpra com minhas responsabilidades financeiras?
  • Quanto tempo levará para que eu encontre um emprego depois que me formar?
  • Há chances de promoção? Provavelmente, quanto tempo levará?  

Comentários

Foi útil?