A Rede de Contatos Eficaz

No Centro de Autossuficiência SUD (LDS Jobs), vamos ajudá-lo a obter um trabalho remunerado por meio de aprendizado e das redes de contato com empresas locais.

Usar a rede de contatos é a maneira mais eficaz de encontrar emprego; aproximadamente 70% de todos os empregos são encontrados dessa forma.

Por Que uma Rede de Contatos?

A “rede de contatos” é composta pelas pessoas que você conhece e as que elas conhecem. Quando falar às pessoas que você conhece que está procurando emprego, procure saber se há alguém, entre os conhecidos dessas pessoas, que pode ajudá-lo(a) nessa procura. A isso se dá o nome de “rede de contatos”.

Usar a rede de contatos é a maneira mais eficaz de encontrar emprego; aproximadamente 70% de todos os empregos são encontrados dessa forma. Além disso, ela permite que você descubra oportunidades que nem chegam a ser publicadas — o “mercado oculto de empregos”, que responde por 80% de todos os empregos disponíveis. Ter uma rede de contatos também ajuda você a identificar ou obter financiamento para seu negócio próprio ou para seus estudos.

Por meio da rede de contatos, você desenvolve a capacidade de fazer e manter um bom relacionamento com uma gama enorme de pessoas. Essa habilidade é fundamental não só para o sucesso na busca de emprego, como também no desempenho de suas funções nesse emprego.

O Curso de Autossuficiência Profissional, disponível no Centro de Recursos de Emprego ou por meio do especialista de emprego em sua estaca, ajudará você a desenvolver as habilidades necessárias para criar e formar eficazmente um planejamento da rede de contatos. 

Métodos

A palavra trabalhar faz parte da rede de contatos. Não é fácil trabalhar, porque isso obriga você a sair de sua zona de conforto. Além de ir ao encontro das pessoas, use outros métodos eficazes de comunicação, como: cartas, bilhetes, colagens e outras interações positivas. Todo esforço honesto pode produzir resultados positivos. 

Quem Pode Ser Mais Útil na Elaboração de uma Rede de Contatos?

Inicie a rede de contatos com as pessoas que você  conhece — familiares, amigos, vizinhos, grupos da Igreja, grupos sociais, organizações de voluntários — e forme sua rede para incluir:

  • Pessoas que saibam algo sobre a carreira que você escolheu.
  • Pessoas que conheçam outras que tenham influência.
  • Pessoas que conhecem muitas outras pessoas.

Lembre-se de que, para atingir resultados melhores e mais rápidos, você deve:

  • Entrar em contato pelo menos com dez pessoas ou recursos por dia.
  • Obter duas novas referências de cada contato.
  • Marcar pelo menos duas reuniões ou entrevistas pessoais por dia. 

Diretrizes

É preciso praticar para transitar bem numa rede de contatos. A melhor maneira de aprender a elaborar uma rede de contatos é fazer dramatizações em um grupo pequeno ou mini classe. Talvez demore um pouco até se sentir à vontade. Seguem-se algumas diretrizes que poderão ajudá-lo(a).

  • Antes de se reunir com alguém, decida de antemão o que deseja descobrir ou conseguir.
  • Cause uma boa primeira impressão. Em dez segundos, formamos uma impressão detalhada e persistente da pessoa que conhecemos. Os pesquisadores concluem que a impressão que causamos ao falar com outras pessoas provém principalmente destas três categorias: Qual é a impressão que você dá, quando fala aos outros sobre sua procura de emprego?
  • Ao conhecer alguém pela primeira vez, certifique-se de apresentar-se adequadamente. Use o “Comercial de 30 Segundos” (como descrito no www.ldsjobs.org e no Curso de Autossuficiência Profissional). O que dizemos 15%
  • Faça às pessoas que conhecer perguntas sobre elas mesmas, e escute-as. Pergunte sobre o trabalho delas, como entraram para essa área, do que elas mais gostam, o que é mais difícil, e assim por diante. Lembre-se de que elas podem também estar formando a própria rede de contatos. Compartilhe informações que possam ser úteis para elas.
  • Descreva brevemente o que você procura e quais são as suas qualificações. Use uma “Declaração de Poder” (como descrito no www.ldsjobs.org e no Curso de Autossuficiência Profissional).
  • Se adequado (geralmente ao final da conversa), troque cartões de visita e informações sobre outras pessoas que vocês devem contatar. • O diálogo inteiro—introdução, exposição de sua formação e acordo para contato posterior—pode ocorrer em apenas dois ou três minutos. Depois de oito ou dez minutos, prossiga.
  • Embora a troca deva ser breve, não cometa o erro de tentar “vender seu peixe” prematuramente. Os mais bem-sucedidos travam, primeiro, um bom relacionamento. Não se apresse.
  • Cumpra todos os compromissos assumidos. A chave do sucesso das redes de contato é o acompanhamento. Se disser que vai ligar para alguém, faça-o logo após conversarem.
  • Mantenha contato com as pessoas de sua rede de contatos. Embora advenha um grande benefício de sua rede de contatos, o melhor contato de sua rede é alguém com quem você interage mais de uma vez.
  • Sempre envie cartas de agradecimento.

Imprimir Versão PDF

Comentários

Foi útil?