História de Mark: Ter as Ferramentas para o Sucesso em Salt Lake

No Centro de Autossuficiência SUD (LDS Jobs), vamos ajudá-lo a obter um trabalho remunerado por meio de aprendizado e das redes de contato com empresas locais.

Mark foi inesperadamente demitido pouco antes das férias anuais de verão com a família. Ao voltar da viagem, foi entrevistado em várias empresas mas ficou frustrado porque nenhuma lhe ofereceu um cargo.

Depois de mais de dez anos no mesmo emprego, reentrar no mercado de trabalho era amedrontador. Foi então que um membro de sua ala falou-lhe dos Centros de Autossuficiência SUD. Graças ao treinamento recebido ali, Mark pode ressaltar seus anos de experiência na indústria a fim de voltar à atividade mais rapidamente.

Embora Mark tivesse anos de experiência, ele precisava saber como falar disso de maneira convincente. Por meio do treinamento, ele aperfeiçoou a técnica de apresentação Eu em 30 Segundos a fim de conseguir causar a impressão desejada, refinou sua habilidade de fazer uma boa entrevista por meio de simulações, e se aprimorou no uso da rede de contatos ao implementar a técnica de busca de emprego 15-10-2.

No começo, Mark ficou relutante quanto ao uso da rede de contatos. Ele achava que o pedido constante de ajuda às pessoas fosse interpretado como egocentrismo. Mas, por meio de suas interações no centro de autossuficiência, viu que a rede de contatos não precisava centrar-se apenas nele.

“O centro faz um excelente trabalho de ajudar você a ver que pode usar a rede com eficácia mantendo o foco de dentro para fora em vez de fora para dentro”, comentou. “Simplificando: ao contatar as pessoas, fazemos isso com a ideia de ‘Como posso ajudar você?’ Só por fazer isso, parece que todas as portas se abrem”.

Mark viu que o centro fez com que se sentisse responsável pelos esforços de procurar o próprio emprego, dando-lhe motivos para levantar-se, arrumar-se e sair de casa todas as manhãs para iniciar sua busca diária de emprego no centro de autossuficiência.

Além de receber ajuda prática para procurar emprego, Mark foi abençoado pelo foco espiritual do centro de autossuficiência. Cada sessão de treinamento começava com uma oração, e ele sempre conseguia identificar a mão do Senhor em sua busca, durante as discussões com outros membros desempregados.

“Percebi que tinha recebido o componente adicional de pensar: ‘O Senhor está comigo enquanto faço isso’, e isso me dava muita paz”, disse. “Senti que Deus me assegurava: ‘Sei que este período é de muita ansiedade, mas você está fazendo o que é correto. Estou aqui ao seu lado. Tudo vai dar certo’”.

Por fim, Mark conseguiu uma nova entrevista em uma das empresas que o haviam dispensado no início de sua procura de emprego. Com as habilidades aprendidas no centro de autossuficiência, conseguiu demonstrar confiança e descrever articuladamente a contribuição que poderia dar à empresa. Dessa vez, foi contratado.

Mesmo depois de ter sido contratado, ele continuou usando inconscientemente a abordagem 15-10-2 nas reuniões com seus novos colaboradores. Embora não precise mais procurar emprego, ainda vê o benefício de manter-se sempre em contato com outras pessoas de seu ramo de trabalho.

“Isso realmente me ajudou, pois já me proporcionou, a partir da perspectiva de uma rede de contatos, uma base sólida para progredir”, concluiu.

Embora as dificuldades inesperadas de Mark quanto ao emprego fossem desafiadoras, o centro de autossuficiência deu-lhe ferramentas para superar o obstáculo e ter sucesso numa nova função.

Comentários

Foi útil?