Ter um Negócio Próprio É o Certo para Você?

No Centro de Autossuficiência SUD (LDS Jobs), vamos ajudá-lo a obter um trabalho remunerado por meio de aprendizado e das redes de contato com empresas locais.

Muitas pessoas sonham em ser, algum dia, seu próprio patrão. Para alguns, ter o próprio negócio é a maneira mais rápida de transformar esse sonho em realidade. Mas nem todos são talhados para o negócio próprio.

Por Que o Negócio Próprio?

As perguntas a seguir ajudarão a fornecer-lhe alguma orientação:

  • Por que você está explorando alternativas empresariais agora?
  • Se você pudesse obter seu emprego ideal OU iniciar seu negócio ideal, qual escolheria hoje? Por quê?

Ao serem comparados com os empregados tradicionais, os empreendedores não são, necessariamente, mais felizes, menos entediados ou preocupados, ou mesmo mais satisfeitos com suas tarefas diárias. Ninguém está lá para dar-lhe designações, fornecer um fluxo constante de trabalho ou assinar um cheque de pagamento semanal. A menos que você consiga identificar e basear-se no que o motivou mais, você provavelmente não terá sucesso.

Qualificações Pessoais

Outra maneira de determinar se o negócio próprio é bom ou não para você é levar em consideração suas próprias qualificações e preferências. Embora muitas pessoas pensem que podem transformar uma determinada habilidade, passatempo ou talento em um negócio bem-sucedido, a realidade é que ser dono de um pequeno negócio requer determinadas habilidades comerciais e outras que frequentemente são ignoradas. Se há uma hora em que você deve ser honesto consigo mesmo, é esta.

As seguintes perguntas podem ajudá-lo a realizar uma autoavaliação honesta:

  • Quais são suas qualificações para possuir um negócio?
  • Você tem experiência em vendas e marketing?
  • Você tem experiência operacional, administrativa e de administração geral?
  • Qual é a sua experiência relativa às práticas básicas de administração financeira comercial?
  • Que educação, treinamento ou experiência você tem para indicar que será capaz de produzir os resultados desejados?
  • Se você não planeja dirigir partes específicas do negócio, quem as dirigirá, e de quanto precisará para pagá-los?

Os Custos de Ter um Negócio Próprio

Embora alguns empreendedores obtenham uma renda líquida maior do que os empregados tradicionais realizando o mesmo tipo de trabalho, o custo de manter um negócio muitas vezes reduz consideravelmente sua renda. É sábio determinar primeiro as próprias necessidades financeiras. Quais são suas despesas essenciais? Como você cobrirá os custos com planos de saúde? A seguir, determine quais serão as despesas para iniciar o negócio e para prosseguir. O que lhe será necessário pagar em impostos adicionais?

É importante lembrar de que, além de fornecer serviços ou produtos, você precisará também dedicar tempo e dinheiro para essas tarefas que são necessárias para que seu negócio funcione, inclusive:

  • Marketing e vendas.
  • Controlar os ganhos e as despesas.
  • Pagar os impostos locais, estaduais e federais.
  • Comunicar-se e fazer contratos com clientes e fornecedores.
  • Cuidar de assuntos relacionados aos empregados, como folha de pagamento e benefícios.
  • Cumprir as leis, os regulamentos e as diretrizes locais, estaduais e federais que se refiram à indústria.

Visto que aprender com seus erros é tanto dispendioso como uma perda de tempo, é importante realizar cursos e seminários comerciais antes de iniciar um negócio. Centros de desenvolvimento de pequenos negócios, escolas locais e outras companhias particulares fornecem ajuda para os que estão iniciando um negócio. Os centros de recursos de emprego da Igreja também fornecem ajuda para o negócio próprio, inclusive o Curso de Negócio Próprio.

Outras Coisas a Levar em Consideração

No lado positivo, ter um negócio próprio pode permitir-lhe a liberdade de tomar suas próprias decisões. Mas há também muitos pontos negativos. O negócio próprio pode envolver estresse, renda instável e risco. Pense desta maneira nos prós e contras: Se você tiver um negócio próprio, poderá decidir quando e se vai tirar um dia de folga—mas ninguém vai pagá-lo, se fizer isso.

Se está pensando em trabalhar por conta própria, será uma boa ideia conversar com pessoas que tenham (ou já tiveram) negócios semelhantes àquele que você está tentando iniciar. Você precisará fazer muita pesquisa.

Se esses exercícios o ajudaram a compreender que o negócio próprio NÃO é para você, então o resultado foi positivo. Pense em todo o tempo, frustração e dinheiro que economizou não iniciando um negócio fadado a fracassar. Por outro lado, se reforçaram sua vontade de iniciar um negócio próprio, então nada deve impedi-lo de tornar-se seu próprio patrão.

Comentários

Foi útil?