Guia para Iniciantes — Mídia Social

No Centro de Autossuficiência SUD (LDS Jobs), vamos ajudá-lo a obter um trabalho remunerado por meio de aprendizado e das redes de contato com empresas locais.

Apesar de a mídia social ser uma das maneiras mais populares para as pessoas, empresas e organizações se conectarem no mundo de hoje, para muitas pessoas ainda é difícil saber como começar. Apesar de parecer assustador, vale a pena usar seu tempo para aprender as noções básicas e assim ser mais bem-sucedido no mundo profissional.

Aqui está uma visão geral básica para ajudá-lo. Mesmo que esse artigo forneça uma visão geral de cada canal de mídia social, do Facebook ao Twitter e além, é importante estar ciente de que muitos canais de mídia social se conectam um ao outro. Imagens postadas no Instagram são também frequentemente compartilhadas no Facebook e no Twitter. E links de blogs pessoais são, com frequência, listados nos perfis de outros canais de mídia social. Para saber mais sobre cada canal de mídia social, veja as seções abaixo.

 
LinkedIn

O LinkedIn é um site de mídia social projetado para profissionais. É onde você se conecta com colegas de trabalho e professores, assim como colegas de classe e amigos. Você pode inserir seu histórico de trabalho e um portfólio e suas conexões podem endossar suas habilidades.

A maioria das postagens do LinkedIn são artigos específicos sobre negócios. Podem ser artigos profissionais escritos por você e publicados no LinkedIn ou podem ser links de artigos de outros sites que você achar interessantes.

Um benefício do LinkedIn é que você pode incluir muito mais detalhes sobre suas qualificações do que em um currículo tradicional em papel. E, se você for promovido ou receber uma nova certificação, pode publicar essa realização para que suas conexões saibam quando você atualizar seu perfil. Outra característica útil é que é possível fazer anotações que só serão visíveis a você sobre como e quando conheceu uma pessoa, assim como lembrá-lo de contatá-la no futuro.

O principal ao usar o LinkedIn é tirar vantagem da plataforma para relatar seu histórico profissional. Parecido com a declaração “Comercial de 30 Segundos”, sua presença no LinkedIn é uma das primeiras maneiras que os empregadores terão para encontrá-lo, assim, assegure-se de que tudo o que incluir tenha um propósito específico no histórico profissional que deseja contar.

Termos-chave no LinkedIn:

Perfil: Seu perfil é como um currículo mais extenso. É onde você inclui sua experiência profissional e também os links para seus projetos, publicações, prêmios, informações acadêmicas e interesses. Na verdade, qualquer informação que ajude um possível empregador ou parceiro a prestar atenção em você deve ser incluída.

Conexões: São pessoas que você conhece e adiciona a sua rede de contatos. São as pessoas que vão ver qualquer postagem que você publicar e qualquer mudança em seu perfil. É possível entrar em contato com suas conexões diretamente ou por meio de mensagens privadas.

Grupos: Há mais de 2.1 milhões de grupos no LinkedIn. Alguns deles são abertos a todos e outros são grupos fechados. Eles alinham especialidades da carreira, empresas, regiões do mundo, antigos alunos de programas educacionais, instituições religiosas e assim por diante. Você deve procurar grupos dos quais fazem parte algumas de suas conexões e ver se os grupos são pertinentes. Depois, junte-se a eles e contribua para a conversa.

Rede Profissional de Contatos: Sua rede profissional de contatos envolve todas as suas conexões, as conexões deles (chamadas de conexões de segundo grau) e membros dos grupos dos quais você participa. São as pessoas com quem você compartilha os mesmos interesses e a quem pode recorrer.

Facebook

O Facebook é atualmente o canal de mídia social mais usado. É um serviço de rede social de contatos que permite compartilhar mensagens, links, fotos e vídeos com a família, os amigos e outros contatos. O Facebook é frequentemente usado para contatos pessoais e amigos, assim as interações no Facebook são geralmente mais casuais. É um bom lugar para manter contato com velhos colegas de escola, amigos e pessoas em sua ala, apesar de as empresas estarem cada vez mais usando o Facebook para buscar empregados em potencial.

Termos-chave no Facebook:

Amigos: Cada site usa uma palavra diferente, mas no Facebook você está conectado a amigos. Eles são muitas vezes contatos pessoais — pessoas com quem compartilhamos fotos das férias ou de casamento.

Status: A atualização do status é o local onde se compartilham pensamentos com todos os amigos do Facebook. É possível compartilhar ideias, fotos, trailers de filmes, artigos, sites e assim por diante. Quase tudo online pode ser compartilhado no Facebook.

Linha do Tempo: Sua linha do tempo é onde todas as atualizações de status são armazenadas. Seus amigos do Facebook também podem postar comentários e links em sua linha do tempo.

Perfil do Facebook: São perfis pessoais para os usuários do Facebook. Cada usuário tem um.

Feed de Notícias: Quando se entra no Facebook, o feed de notícias é a primeira coisa que se vê. É uma lista de postagens recentes de seus amigos do Facebook na qual você pode interagir por meio de comentários ou curtidas.

Curtir: No Facebook, uma curtida indica que você leu uma postagem e gostou dela ou quer oferecer apoio.

Páginas do Facebook: São usados por empresas, marcas e organizações. Você não pode adicioná-los da mesma maneira com que acrescenta amigos no Facebook. Em vez disso, você pode curti-los e depois cadastrar-se para receber a atualização deles no feed de notícias.

Grupos do Facebook: São os lugares para que grupos de pessoas se unam e compartilhem informações. São especialmente úteis quando você quer comunicar-se com frequência com um grupo de pessoas em vez de fazê-lo com a lista inteira de amigos do Facebook.

Twitter

O Twitter é usado para enviar e receber mensagens curtas e imagens, chamadas de tweets. Você pode seguir quantas pessoas quiser: amigos, colegas, empresas, organizações e líderes em sua área. Como qualquer pessoa pode seguir outra no Twitter, o público é amplo, mesmo que as postagens sejam muitas vezes bem pessoais.

No Twitter, as pessoas geralmente seguem centenas de outros usuários, então é fácil perder-se nos feeds do Twitter. Por isso, você deve estar envolvido ativamente em sua conta. Assegure-se de retuitar ideias interessantes e inteligentes e responder a quem marca você nas postagens.

A maioria das empresas tem contas no Twitter. Às vezes eles tuitam sobre vagas de emprego e a maior parte das empresas tuita informações sobre iniciativas e projetos importantes. Siga todas as suas empresas favoritas para que esteja ciente dessas vagas e de itens novos. Ao preparar-se para uma entrevista ou fazer uma pesquisa, veja que tipo de coisas a empresa está tuitando, pois isso pode dar uma visão do que é novo e interessante na empresa e também a cultura dela.

Termos-chave no Twitter:

Tweet: É a forma padrão de comunicação no Twitter. É semelhante ao status no Facebook, com exceção de ser limitado a 140 caracteres. É possível incluir um link ou imagem além do texto.

Hashtags: São usados em toda mídia social agora, mas sua origem é no Twitter. O símbolo de cerquilha (#) é usado para identificar mensagens de mídia social relacionadas e articular uma discussão na Internet. As mensagens são criadas pela combinação do símbolo de cerquilha com a ideia que se quer comunicar e a eliminação dos espaços entre as palavras. Aqui estão alguns exemplos: #procurandoemprego #vagasenfermagem #entrevistadeemprego.

Seguidores: São as pessoas que se cadastram para receber seus tweets. Toda vez que se publica um tweet, ele aparecerá no feed do Twitter deles.

Feed do Twitter: O feed do Twitter é a página inicial do Twitter assim que você entra no sistema. É onde os tweets de todas as pessoas que você segue aparecem.

Retuitar: Se alguém tuita algo de que você gosta, você tem a opção de retuitar a postagem. Isso fará com que o tweet apareça nos feeds do Twitter de todos os seus seguidores.

Apelido no Twitter: Um apelido é como um nome de usuário no Twitter. Todo usuário do Twitter tem um apelido que o liga a ele. Por exemplo, o apelido da Igreja no Twitter é @LDSChurch. Se você escrever um tweet e incluir o apelido da Igreja no Twitter, a Igreja será notificada que alguém a marcou em uma postagem.

Google+

O Google+ fornece uma plataforma social para os outros serviços do Google. No Google+, suas postagens podem ser públicas (vistas por todos) ou limitadas a grupos específicos chamados de círculos. Por exemplo, se você postar fotos da família, pode escolher compartilhá-los com seu círculo de amigos próximos somente e não com o círculo de colegas de trabalho. O Google+ pode ser muito mais público do que as outras redes sociais, por isso, assegure-se de ajustar suas configurações de privacidade de acordo com suas preferências.

Um motivo importante para ser ativo no Google+ é que ele é administrado pelo Google. Portanto, quanto mais usá-lo, melhores resultados de busca terá, o que significa que quando um empregador procurar por você no Google, será mais provável encontrá-lo. Quanto mais um empregador encontrar você e seus canais sociais cuidadosamente moderados, maior será a probabilidade de ele o considerar para um emprego, então o Google+ está se tornando peça essencial na caixa de ferramentas de quem procura emprego.

Termos-chave no Google+:

Pessoas: São as pessoas para quem você posta e de quem recebe postagens. Diferente do Facebook e do LindekIn, não é necessário ter permissão para acrescentar pessoas a seus círculos no Google+.

Círculos: Você pode organizar as pessoas em círculos como amigos, família, trabalho, igreja e assim por diante. Depois é possível compartilhar postagens com os círculos selecionados.

+1: É semelhante a uma curtida no Facebook. Indica que você gostou ou apoia a postagem. Às vezes, as coisas em que você colocar +1 ficarão visíveis a seus círculos estendidos (pessoas em seus círculos de conexão).

Google Hangout: É uma chamada de vídeo com vários participantes. Podem ser públicas (para que outras pessoas possam assistir a sua conversa) ou privadas.

YouTube

O YouTube é uma plataforma onde se pode fazer upload de vídeos, assisti-los, compartilhá-los e dar notas. Apesar de não ser essencial para todas as pessoas que procuram emprego, pode ser útil, dependendo de sua área. Se você trabalha no mundo digital, o YouTube é um lugar-chave para compartilhar seu portfólio de mídia. Mas além de mídia de campos específicos, o YouTube é o lugar aonde as pessoas vão para se informar. Há vídeos de ginástica, de culinária e vlogs. Se você fizer uma palestra relacionada à sua carreira, não é uma má ideia gravá-la e colocá-la no YouTube. De fato, depois do Google, o YouTube é a segunda maior ferramenta de pesquisa no mundo.

Termos-chave no YouTube:

Upload: Quando você faz upload de um vídeo, está transferindo um arquivo pessoal para o YouTube.

Canal do YouTube: São as contas dos que postam vídeos. Por exemplo, o Canal Mórmon é uma conta que posta as Mensagens Mórmons e os vídeos da Bíblia.

Inscrever-se: Quando você se inscreve em um canal do YouTube, será notificado sempre que um novo vídeo for postado.

Vlog: É um novo gênero social feito por meio do compartilhamento de vídeos. São os blogs de vídeos. Em vez de escrever seus pensamentos e opiniões, é possível gravar a si mesmo expressando-os e postar o vídeo no YouTube.

Instagram

O Instagram permite o compartilhamento de figuras e pequenos vídeos (15 segundos). Ao postar uma imagem ou vídeo, todos os seus seguidores poderão vê-lo como também todos aqueles que fizerem uma pesquisa no Instagram. O Instagram é uma ótima maneira de participar em conversas em andamento por meio de hashtags e funciona particularmente bem para mostrar o que é importante para você e quem você é.

Como ocorre com o YouTube, não é necessário para todos. Mas se você trabalha com relações públicas, moda, viagens ou fotografia, provavelmente é algo que deve considerar.

Termos-chave no Instagram:

Página Inicial: É onde você pode ver todas as fotos e os vídeos mais recentes postados pelas pessoas a quem segue.

Coração: É semelhante a uma curtida no Facebook.

Pinterest

O Pinterest é um quadro de avisos virtual usado para compartilhar conteúdo e imagens da Internet. O que posso compartilhar no Pinterest? Quase tudo. Algumas categorias populares são roupas, receitas, decoração de interiores, exercícios físicos e dietas, citações inspiradoras, projetos de artesanato e fotografia. Mas não deixe que isso o limite. No Pinterest você pode armazenar e organizar hyperlinks para ideias, então qualquer ideia ou informação que quiser compartilhar, vale a pena pinar. O que você pina mostra muito sobre o que você valoriza e quem você é, então, lembre-se disso ao pinar coisas novas.

Termos-chave no Pinterest:

Pin: Uma pequena imagem, citação ou infográfico que se liga a um conteúdo relacionado do qual deseja se lembrar.

Painel: Uma página onde se pode postar pins semelhantes.

Seguindo: Quando você segue uma pessoa ou um painel, novos pins aparecerão em sua página inicial.

Infográfico: Um diagrama ou gráfico usado para apresentar informações ou dados.

Com tantas oportunidades sociais online, você pode se sentir sobrecarregado. Assegure-se de começar devagar, não tente assumir todos os canais de uma vez. Escolha um onde você tem amigos e colegas para se conectar ou que seja particularmente importante para sua carreira e use esse canal social por algumas semanas ou meses antes de começar a usar outro. Ao começar, leve em consideração conversar com um colega sobre como ele usa a mídia social. Em todas as suas interações online, lembre-se de que a mídia social deve refletir quem você é, assim, seja você mesmo.

Para mais artigos sobre rede de contatos por meio da mídia social, verifique:

Como Formar uma Rede de Contatos por meio da Mídia Social

Cinco Coisas que Você Pode Fazer na Mídia Social Hoje para Encontrar um Emprego

Como Usar a Mídia Social para Progredir em Sua Carreira

Comentários

Foi útil?