História de Karie: O Passatempo Que a Ajudou a Ser Bem-Sucedida

No Centro de Autossuficiência SUD (LDS Jobs), vamos ajudá-lo a obter um trabalho remunerado por meio de aprendizado e das redes de contato com empresas locais.

Quando Karie e seu marido tinham quase sessenta anos, perceberam que se quisessem se aposentar brevemente, precisariam fazer algo diferente. Eles decidiram que a melhor opção era a Karie voltar a trabalhar. Apesar de ter encontrado logo um trabalho, ela acabou sendo demitida porque a empresa não podia arcar com pessoal extra. Esse padrão se repetiu até que Karie ficou desanimada de encontrar um emprego duradouro.

Durante esse período, Karie viu muitas irmãs da Sociedade de Socorro pedindo ajuda para as outras irmãs ficarem atentas a uma determinada vaga de trabalho. Elas tinham feito o Curso de Autossuficiência Profissional (CASP), onde foram incentivadas a usar sua rede de contato da Igreja para ficarem sabendo a respeito de vagas de trabalho. Karie decidiu que era sua vez de buscar ajuda, então ela inscreveu-se no Curso de Autossuficiência Profissional.

Antes de iniciar o curso, Karie estava confiante de que seria uma ótima aquisição para uma empresa, mas não tinha certeza de que conseguiria deixar isso claro para seus potenciais empregadores. A maior ajuda para Karie foi a seção de entrevista simulada do curso. Mesmo sendo desconfortável, ela disse: “Isso me deu mais confiança, porque eu sabia que seria capaz de participar das entrevistas”. Com a prática, Karie aprendeu a falar sobre seu histórico profissional de maneira positiva.

Após fazer o Curso de Autossuficiência Profissional (CASP), Karie decidiu usar sua rede de contatos para encontrar um emprego. Ela postou no seu status do Facebook que estava procurando um emprego, descrevendo o que procurava. Ela pediu que todos os que soubessem de uma vaga de trabalho lhe enviassem uma mensagem.

Por ter sido escritora em uma revista de scrapbooking do Michigan, Karie tinha muitos contatos no ramo de scrapbooking. Um dos editores da revista respondeu ao status do Facebook de Karie falando sobre uma vaga que ficou sabendo por meio de uma diretora de RH

Essa diretora era também dona de uma loja local de scrapbooking. Apesar de Karie nunca tê-la conhecido formalmente antes, ambas tinham ouvido falar sobre a outra. E, por sorte, Karie tinha uma ótima reputação na área como demonstradora de scrapbooking.

Karie candidatou-se à vaga e conseguiu uma entrevista. Durante a entrevista, o gerente responsável pela contratação perguntou a Karie sobre sua experiência com o serviço ao consumidor, e a diretora do departamento pessoal era quem iria verificar as qualificações de Karie com base nos comentários positivos que ouviu na comunidade de scrapbooking.

Quando o gerente demonstrou preocupação por Karie ter sido demitida, ela usou as habilidades que aprendeu no Curso de Autossuficiência Profissional (CASP) para dirimir as preocupações do entrevistador e confirmar que era uma candidata estável para a vaga. Finalmente, Karie foi contratada.

Depois de passar por tantos desapontamentos, Karie encontrou emprego seguindo os princípios da rede de contato. E, apesar de nunca ter imaginado que seu passatempo com scrapbooking a ajudaria a encontrar um emprego, ele acabou sendo uma parte fundamental de seu sucesso.

Comentários

Foi útil?