Cinco Coisas que Você Pode Fazer na Mídia Social Hoje para Encontrar um Emprego

No Centro de Autossuficiência SUD (LDS Jobs), vamos ajudá-lo a obter um trabalho remunerado por meio de aprendizado e das redes de contato com empresas locais.

Encontrar emprego não é uma tarefa fácil. Entretanto, com todas as ferramentas disponíveis atualmente, é possível procurar um novo emprego de maneira mais eficiente do que nunca. A rede de contatos é uma das melhores maneiras de encontrar emprego, por isso a mídia social é uma ferramenta importante na busca de emprego e pode ajudá-lo a encontrar novas oportunidades de trabalho que você não descobriria em outro lugar. Aqui estão cinco maneiras de usar a mídia social na busca de emprego hoje.

1. Busque seus amigos no Facebook.

Quando se está procurando emprego, o Facebook é um ótimo lugar para informar isso às pessoas. Lá estão seus amigos e contatos pessoais; são pessoas que estão envolvidas com você e desejam o seu sucesso. Há também muitas pessoas com quem talvez não interaja com regularidade entre os amigos do Facebook, assim escrever no status do Facebook o que está procurando pode revelar muitas oportunidades possíveis. Nunca se sabe quem ouviu sobre uma vaga disponível ou quem tem conexões com empresas de sua área. O perfil da rede de contatos é um excelente lugar para começar a conversar sobre o que está procurando e suas qualificações.

2. Procure contatos comuns.

Assim que começar a técnica de busca de emprego 15-10-2, analise sua lista de recursos. Pode haver pessoas nessa lista com quem gostaria de conversar, mas que nunca encontrou antes. É aí que a mídia social desempenha um importante papel. Você pode não conhecer todo mundo em sua área, mas provavelmente está conectado a pessoas que conhecem. Use o LinkedIn ou Facebook para buscar contatos ou amigos em comum que possam contatar possíveis empregadores e ajudá-lo a marcar uma entrevista de informação. Essa também é uma grande maneira de preparar-se para uma entrevista de emprego — veja se tem alguns contatos que já trabalham na empresa e podem lhe dar dicas antes da entrevista.

3. Crie um site pessoal.

Não é preciso que você seja um web design para criar um site. Há muitos serviços gratuitos que podem fazer isso por você. Wix e Weebly são opções populares. Você também pode criar uma conta no Optimal Resume depois que se registrar no LDSJobs.org. Esses sites permitem que compartilhe seu currículo, projetos realizados e qualquer outra informação importante que possa ser de interesse de possíveis empregadores. Dependendo de sua área de atuação, você pode até mesmo criar um blog pessoal. Os blogs requerem mais tempo para atualizações porque você precisará escrever posts regularmente, mas podem ser usados para estabelecer sua experiência em um assunto e mostrar sua grande capacidade com a escrita. Depois que criar seu site, não se esqueça de compartilhá-lo em todos os seus outros canais de mídia social. Escreva no status do Facebook, no Twitter e adicione-o ao seu perfil no LinkedIn!

4. Siga empresas e grupos no Twitter e no LinkedIn.

As empresas frequentemente postam vagas de emprego no Twitter e no LinkedIn. Identifique algumas empresas nas quais esteja interessado em trabalhar e depois siga suas páginas. Você saberá imediatamente quando uma nova vaga de emprego é postada.

O LinkedIn também tem 2.1 milhões de grupos profissionais. Navegue pelos grupos associados a sua área ou aos seus interesses e filie-se a alguns. Nunca se sabe quais contatos profissionais você pode ganhar por meio de contribuições significativas a um grupo de discussão especializado.

5. Leia suas contas de mídia social.

Suas contas de mídia social dizem muito sobre quem você é, então certifique-se de que elas estão comunicando a mensagem correta. Reveja todas as suas contas de mídia social da perspectiva de um possível empregador. Atualize todas as informações, verifique se há erros gramaticais e de digitação e remova qualquer conteúdo que possa desencorajar um possível empregador de contratá-lo. Isso pode incluir reclamações sobre antigos empregadores, fotografias embaraçosas e piadas ou comentários potencialmente ofensivos que abordem raça, sexo, religião ou política. Lembre-se de que algumas entonações, como o sarcasmo, são frequentemente difíceis de identificar fora de um contexto, assim, se tiver dúvidas se algo deve ou não ser mostrado, o melhor é removê-lo.

 

Para mais artigos sobre rede de contatos por meio da mídia social, verifique:

Como Formar uma Rede de Contatos por meio da Mídia Social

Guia para Iniciantes — Mídia Social

Como Usar a Mídia Social para Progredir em Sua Carreira

Comentários

Foi útil?